Acesso ao site VLibras
  |             |  
Ir para Conteúdo 1 Ir para Menu 2 Ir para Rodapé 3 Ir para Acessibilidade 4 Ir para Mapa Site 0
imagem de loader quanto carrega a página
Em visita a Minas Gerais, técnicos da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) estiveram no Município na última semana, para avaliar as estratégias da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) no enfrentamento ao coronavírus. No domingo, 21, por videoconferência, a cidade recebeu a primeira avaliação da equipe que conduziu a atividade. O objetivo da visita técnica, de acordo com a Opas, é avaliar as estratégias e eficácia das medidas adotadas em cada município visitado.

Em relação à Vigilância, a Opas definiu como pontos fortes apresentados pela Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SSVS) a criação de formulário online para notificação de síndrome gripal, que permite o setor responsável avaliar a situação em tempo real; a boa interação com os laboratórios, ressaltando a parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), que viabiliza capacidade de testagem maior que em outras cidades; acesso dos laboratórios ao sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), que permite a PJF acompanhar as etapas para realização dos exames; e a investigação dos casos e informes diários.

Na Atenção Básica, os técnicos visitaram a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Furtado de Menezes. Lá, conheceram a estrutura e conversaram com toda equipe (supervisão, corpo clínico, residentes e agentes comunitários de saúde). No primeiro retorno, a Opas avaliou que as unidades possuem protocolos padronizados e abrangentes para atendimento, procedimentos e visitas domiciliares, utilizam planilha padronizada para vigilância de pacientes com suspeita de covid, contam com termo de autodeclaração e identificação de contactantes, possuem comunicação eficiente com as equipes da Urgência e Vigilância em Saúde e realizam com regularidade a formação dos profissionais (encontros semanais por videoconferência).

Na Urgência e Emergência foram pontuados a diferenciação dos fluxos e espaços para os pacientes (quarentena/suspeitos gripais/casos confirmados), disponibilidade de insumos, equipamentos e recursos humanos e estrutura para ampliação dos leitos de unidade de tratamento intensivo (UTI), sem necessidade de hospitais de campanha.

O secretário de Saúde de Juiz de Fora, Rodrigo Almeida, ressaltou a importância desta visita e avaliação: “A Opas é órgão internacional, especializado em saúde, com vasta experiência. Então, é de suma importância esse parecer, para que possamos seguir trabalhando e aprimorando nossas ações”.

Conduziram a visita os consultores da Opas, Rodrigo Said, Wildo Araujo, Fabiana Barini e Andre Siqueira. Relatório final da visita ainda será enviado ao estado e Município. A escolha dos avaliadores e das cidades a receberem as equipes foi definida pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG).

Leia também: Prefeito divulga ampliação de leitos de UTI e reforça necessidade de isolamento

Foto: Divulgação

uma imagem de x

Juiz de Fora contra o Coronavírus | PJF
Portal informativo e educativo para auxiliar no combate ao Covid-19.