Acesso ao site VLibras
  |             |  
Ir para Conteúdo 1 Ir para Menu 2 Ir para Rodapé 3 Ir para Acessibilidade 4 Ir para Mapa Site 0
imagem de loader quanto carrega a página
Na noite desta quinta-feira, 26, o Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus analisou um novo protocolo de biossegurança Covid-19 dos cursos livres de Juiz de Fora (treinamentos, formação profissional, cursos de gastronomia, capacitações, etc). Várias entidades que assinam o documento solicitavam a liberação das atividades presenciais. Mas, diante do número crescente de casos confirmados e mortes por Covid-19 na cidade, além de um novo recorde de hospitalizações no município devido à pandemia, a liberação não foi autorizada pelo órgão colegiado.

O comitê também avaliou uma deliberação da Fundação Getúlio Vargas (FGV) sobre uma prova nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) que acontece em todo o país no dia 6 de dezembro. Em Juiz de Fora, a prova ocorrerá no Instituto Vianna Júnior. Contudo, a deliberação não foi aprovada ainda porque o documento enviado pela FGV não especificava o protocolo de segurança para a realização da prova, como distanciamento e candidatos por sala. Por isso, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) vai solicitar mais informações e o envio dos protocolos da prova, para saber se os mesmos se enquadram com a situação do município.

Novo painel gerencial Covid-19

Na próxima terça-feira, 1º, às 15 horas, na Escola de Governo, durante coletiva de imprensa, o prefeito Antônio Almas lancará o novo painel gerencial com dados da Covid-19 em Juiz de Fora. A nova plataforma, criada pelo Departamento de Planejamento e Informações em Saúde (Dpis) da Secretaria de Saúde (SS) e inspirada no modelo da Universidade Johns Hopkins, foi apresentada ao comitê na reunião desta quinta-feira e é bem mais completa do que a atual, trazendo dados da doença por bairros, faixa etária mais atingida, comorbidades, entre outras informações que serão divulgadas na próxima semana.

Transição de governo

A partir da próxima semana, um representante da nova administração será convidado a participar das reuniões semanais do Comitê. O prefeito Antônio Almas informou aos integrantes do colegiado a necessidade de iniciar a preparação para o processo de transição entre as gestões da Prefeitura, após o resultado das eleições municipais, de modo a inteirar o próximo Governo sobre o cenário epidemiológico da cidade.

Fiscalização

Durante a reunião semanal do comitê, o secretário municipal de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano, Eduardo Schröeder, fez um balanço das ações de fiscalização entre segunda, 23, e esta quinta-feira, 26. Fiscais de posturas e guardas municipais realizaram 52 vistorias, emitiram 38 notificações, seis autos de infração para restaurantes que estavam desrespeitando a proibição de autosserviço (self-service), além da interdição de um estabelecimento.

Schröeder também informou que a Prefeitura iniciará nesta sexta-feira, 27, uma força-tarefa para multar 22 promotores de eventos, DJs, divulgadores e vendedores de ingresso de festas clandestinas em Juiz de Fora. Ao longo da semana, foram identificadas divulgações de festas irregulares. A multa para cada autuação é de R$ 4.849,17.

Contrapropaganda

Para combater essas festas clandestinas, a Secretaria de Comunicação Pública (Secom) realizou uma contrapropaganda em que o panfleto da festa recebe uma arte avisando da irregularidade do evento. Todos os organizadores foram notificados pela Semaur e serão autuados. As autuações serão encaminhadas ao Ministério Público (MP) para que o órgão também possa fazer a representação criminal contra a saúde pública.

Black Friday

Nesta sexta-feira, a partir das 8 horas, o Procon Móvel estará em frente ao Cine-Theatro Central. O objetivo é fazer uma ação educativa junto às lojas para manter o ordenamento urbano durante o dia conhecido como Black Friday. Serão verificados se os protocolos de segurança em relação ao coronavírus estão sendo cumpridos.

Transporte coletivo

O secretário da Transportes e Trânsito, Eduardo Facio, também participou da videoconferência do comitê e apresentou dados do transporte coletivo para os membros do colegiado. O titular da Settra informou que a frota de ônibus hoje está operando com 67% do total de veículos. Essa redução está ligada à pandemia da Covid-19. Antes da chegada do vírus, o transporte coletivo tinha 340 mil usuários por dia. Atualmente são 160 mil usuários por dia, uma redução de mais de 50% de usuários.

Como a demanda pelo serviço diminuiu, a frota de ônibus nas ruas também foi reduzida. Contudo, a Settra informou que nos horários de pico, entre 5h e 9h da manhã e das 17h às 19h, a Secretaria sempre faz adequações da frota para atender de forma satisfatória os usuários.

Foto: Divulgação

* Outras informações com a Secretaria de Comunicação Pública pelo telefone 3690-8597.

uma imagem de x

Juiz de Fora contra o Coronavírus | PJF
Portal informativo e educativo para auxiliar no combate ao Covid-19.