Acesso ao site VLibras
  |             |  
Ir para Conteúdo 1 Ir para Menu 2 Ir para Rodapé 3 Ir para Acessibilidade 4 Ir para Mapa Site 0
imagem de loader quanto carrega a página
O Sport Club Juiz de Fora teve papel fundamental ao longo na Campanha de Imunização Contra a Covid-19, realizada pela Secretaria de Saúde (SS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF). O clube iniciou sua participação na vacinação no dia 27 de março, quando os idosos de 75 anos recebiam suas primeiras doses e, nesta sexta-feira, 24, o Sport termina sua contribuição diária de forma especial, com a cidade atingindo todo o público-alvo ao vacinar os adolescentes de 12 e 13 anos. O ponto de vacinação teve papel preponderante para que Juiz de Fora chegasse a 250 mil pessoas completamente imunizadas contra a Covid-19, visto que lá foram aplicadas 30% das 671 mil doses utilizadas pelo município até hoje.

No começo, uma quadra da sede do clube poliesportivo e social foi utilizada aos sábados para a vacinação de idosos. O bom atendimento da equipe e a localização, que agradaram o público vacinado no local, logo fizeram com que a PJF tomasse a decisão de que o Sport passaria a oferecer os imunizantes contra o coronavírus também de segunda a sexta-feira, durante a manhã e também à tarde, tornando o local o que mais aplicou vacinas e recebeu pessoas vacinas ao longo das semanas.

A secretária de Governo, Cidinha Louzada, destaca que o sucesso da vacinação no Sport é reflexo do trabalho dos profissionais e voluntários que atuaram no local. “A aplicação da dose da vacina ocorre em segundos, mas envolve o trabalho de muita gente. Tenho muito orgulho da minha Secretaria ser responsável pela coordenação da logística da vacinação no Sport e de ter, nos primeiros dias de funcionamento, trabalhado como voluntária lá. Foi muito gratificante ver de perto o trabalho dos profissionais e dos voluntários no Sport: são incansáveis e foram fundamentais para tornar o momento de receber a vacina ainda mais emocionante para a população de Juiz de Fora”, conta.

Mais de 350 profissionais e voluntários trabalharam diretamente ao longo destes seis meses de funcionamento do Sport como ponto de imunização, contribuindo para que este processo fosse um sucesso. As diretorias e os funcionários do Sport Club apoiaram a vacinação com entusiasmo, cedendo o espaço e dando o suporte no local e, ao lado dos profissionais da saúde, servidores da PJF e voluntários, foram parte importante no processo de imunização que está levando Juiz de Fora à vencer a pandemia.

Foram cerca de 120 profissionais da saúde, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e estudantes da área, incluindo 40 enfermeiros voluntários que atuaram na vacinação. Contou-se com 90 agentes da Guarda Municipal, 65 pessoas que trabalham no setor de zoonoses, 42 voluntários da sociedade civil e 46 servidores de diversas outras áreas da Prefeitura ajudaram na organização, segurança e triagem.

A enfermeira Marcilene Chaves, supervisora do Setor de Imunização, foi quem aplicou a primeira dose contra Covid-19 no município e, antes mesmo disso, já participava da organização da campanha de vacinação. Ela exalta o papel do Sport Club e dos profissionais que diariamente atuam lá. “Eu me emociono com este momento, pois o Sport foi fundamental para termos vacinado tantas pessoas ao longo destes meses. Os grandes responsáveis por isso são os profissionais que trabalharam neste processo de vacinação. Tudo que a gente agradecer a estas pessoas ainda será pouco: são enfermeiros, agentes de endemia, voluntários, pessoas da organização. Todos eles merecem aplausos e fizeram o Sport ser esse gigante. Juiz de Fora não chegaria onde chegou se não fosse o trabalho realizado no Sport”, pontua.

A secretária de Saúde, Ana Pimentel, reforça a importância do papel do Sport ao longo dos seis meses em que foi utilizado na campanha de imunização contra a Covid-19. “Hoje estamos completando uma fase importantíssima no processo de imunização contra Covid-19 ao chegarmos a todas as pessoas de 12 anos ou mais. A partir de agora, daremos ênfase às segundas doses e às doses de reforço, utilizando as UBSs. Em função disso, estamos encerrando o posto de vacinação no Sport Club, que foi uma grande referência para a cidade e o local onde, de maneira isolada, mais vacinou. No Sport foi prestado um serviço de muita qualidade para todas as pessoas que por ali passaram, sempre com acolhimento e eficiência, fazendo com que a vacinação lá fosse muito elogiada pela população. Os profissionais e voluntários que trabalharam no Sport merecem ser parabenizados pelo ótimo trabalho realizado em prol da saúde dos juiz-foranos.”

O secretário de Comunicação Pública, Márcio Guerra, destaca que o Sport sempre teve atuação marcante na vida dos juiz-foranos e que não foi diferente em meio à pandemia. “O Sport Club Juiz de Fora se diferenciou em sua história como um clube que sempre esteve ao lado da sociedade de Juiz de Fora, seja nas suas atividades esportivas, culturais ou nos grandes eventos em seu estádio e instalações. Hoje, ao completar 105 anos, o Sport certamente escreve uma das páginas mais bonitas de sua história, que é o fato de ter participado de forma destacada ao ceder seu espaço para a vacinação realizada pela PJF, que é um um marco que definitivamente entra para a história do clube’’.

Mais de 4 mil pessoas chegaram a ser vacinadas em um único dia e mais de 200 mil doses foram aplicadas ao longo destes quase seis meses no Sport Club, o que torna ele o ponto de vacinação que mais atendeu pessoas até este mês de setembro. Com a chegada da aplicação das primeiras doses nos jovens de 12 anos nesta sexta-feira, 24, o Sport se despede da atuação diária na vacinação com os diversos profissionais e voluntários envolvidos na vacinação e em sua logística sabendo que cumpriram a sua missão da melhor forma possível.

Coordenador da Vacinação no Sport, Lázaro Augusto dos Reis ressalta que o bom trabalho realizado no Sport é fruto de uma ação ousada de enfrentamento à pandemia e que só foi possível pela união e organização das pessoas em prol de uma causa maior, que é a vida. “O resultado do trabalho realizado foi positivo pela união, força, disposição, solidariedade e alegria de várias pessoas que se uniram em prol da vida. O Sport deixa esse legado de união pela vida e o meu sentimento neste momento de encerramento das atividades diárias é de gratidão. Essa união de servidores, de profissionais da enfermagem, trabalhadores da zoonoses, agentes de endemia, guardas municipais, agentes de trânsito e de profissionais e voluntários de outras diversas áreas é um sinal de que tempos melhores virão e de que juntos realmente somos mais fortes”.

Foto: Carlos Mendonça


uma imagem de x

Juiz de Fora contra o Coronavírus | PJF
Portal informativo e educativo para auxiliar no combate ao Covid-19.