Acesso ao site VLibras
  |             |  
Ir para Conteúdo 1 Ir para Menu 2 Ir para Rodapé 3 Ir para Acessibilidade 4 Ir para Mapa Site 0
imagem de loader quanto carrega a página
A aplicação de segundas doses de AstraZeneca nesta sexta-feira, 8, é voltada às pessoas que deveriam ter recebido a segunda dose nos dias 28 e 29 de setembro ou data anterior. A abertura destas duas datas se dá pela chegada de nova remessa do imunizante ao município. A campanha de imunização contra a Covid-19, realizada pela Secretaria de Saúde (SS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), segue disponibilizando, ainda, as segundas doses de Coronavac e Pfizer, primeiras doses para todas as pessoas de 12 anos ou mais, além da vacina de de reforço, que é destinadas aos idosos de 60 anos ou mais que receberam a 2ª dose em 15 de abril ou antes e aos trabalhadores da saúde de 58 anos ou mais que tenham recebido D2 contra o coronavírus há pelo menos seis meses.

Vários pontos são utilizados para a vacinação nesta sexta-feira: as 10 UBSs referência aplicam vacinas contra Covid-19 das 8h às 11h e das 13h às 16h; outras 36 unidades vacinam das 8h às 11h; o Departamento de Saúde do Idoso (DSI) vai das 8h às 11h e das 13h às 16h; enquanto o Sesc Juiz de Fora funciona das 14h às 19h. O Departamento de Saúde do Idoso (DSI) disponibiliza vacina para todas as faixas etárias, com os idosos de 60 anos ou mais tendo prioridade. A lista com todos os endereços e horários de funcionamento dos locais de vacinação destinado a cada um dos públicos pode ser vista no fim do texto.

Segundas doses

AstraZeneca - Todos aqueles que deveriam ter tomado a segunda dose da AstraZeneca no dia 28, 29 de setembro ou em data anterior podem procurar o Sesc, das 14h às 19h; ou alguma das 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e em outras 36 UBSs, das 8h às 11h.

Coronavac - A aplicação de D2 do imunizante Coronavac segue a data descrita no cartão de vacina. Na sexta, recebem a D2 todos aqueles com retorno agendado para o dia 8 de outubro ou data anterior, no Sesc, das 14h às 19h; e nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Pfizer - Quem recebeu a primeira dose da Pfizer até o dia 16 de agosto, pode procurar um dos postos de imunização para receber a segunda. Isso ocorre devido à mudança recente no aprazamento (o intervalo entre uma dose e outra), definido pelo Ministério da Saúde (MS), de 12 para oito semanas. O Sesc, das 14h às 19h; 36 UBSs, de 8h às 11h; 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e o DSI, das 8h às 11 e das 13h às 16h, disponibilizam a D2 desse imunizante nesta sexta.

Doses de reforço

As doses de reforço destinadas aos idosos de 60 anos ou mais que receberam a segunda dose até o dia 15 de abril e aos trabalhadores da saúde de 58 anos ou mais que receberam a segunda dose contra a Covid-19 há pelo menos seis meses são aplicadas no Departamento de Saúde do Idoso (DSI), das 8h às 11h e das 13h às 16h; nas 36 UBSs de 8h às 11h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e no Sesc, das 14h às 19h. Os imunossuprimidos, que receberam a segunda dose há pelo menos 28 dias, também podem receber a dose de reforço. Este público pode ser vacinado no Sesc, das 14h às 19h; e nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h, e no DSI, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Documentação necessária

A Secretaria de Saúde pede para as pessoas que vão receber a primeira dose apresentarem originais e cópias de documento de identificação com foto - como documento de identidade (RG) ou carteira de motorista, e o CPF, caso o número do mesmo não conste na identidade, além do comprovante de residência, que ficará retido no local de vacinação. Caso o comprovante de residência não esteja no nome de quem vai ser vacinado, é necessário apresentar cópia do comprovante, do documento de identidade da pessoa que tem o nome no comprovante de residência e, ainda, a declaração. Também reforçamos a necessidade de levar o formulário impresso, cujo modelo está disponível no site da PJF

As demais pessoas que vão receber a D2 ou os idosos que vão receber a dose de reforço precisam apresentar apenas o cartão de vacina e um documento de identificação com foto, enquanto os imunossuprimidos, além destes documentos, para receber a dose de reforço devem apresentar um laudo ou atestado médico datado de, no máximo, 12 meses, comprovando a condição. Este público pode receber a dose de reforço a partir de 28 dias após a segunda dose.

Os trabalhadores de saúde de 58 anos ou mais para receber a dose de reforço devem apresentar um documento (não é necessário levar cópia) da carteira de registro do Conselho de Classe e também um documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde. Como forma de obter a informação na sua totalidade, lembramos da importância da atualização regular do CNES, que possui entre as finalidades cadastrar e atualizar as informações sobre profissionais. Manter os dados no CNES atualizados é de responsabilidade do estabelecimento de saúde e do profissional. Ressaltamos que a veracidade e autenticidade das informações apresentadas para o recebimento da dose de reforço é de inteira responsabilidade do trabalhador, sob as penas do art. 299 do Código Penal Brasileiro.

A vacinação será realizada de acordo com a disponibilidades de doses no município e em todos os locais de vacinação. Os profissionais autônomos devem estar em atividade presencial comprovada por declaração própria. Para os cuidadores de idosos, a comprovação é via registro em MEI ou carteira de trabalho assinada para esta função.

Confira o calendário desta sexta-feira, dia 8 de outubro

Todas as pessoas com 12 anos ou mais
Sesc, das 14h às 19h; em 36 UBSs de 8h às 11h; e nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h, e DSI, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Vacinação de reforço para idosos com 60 anos ou mais que receberam a segunda dose em 15 de abril ou antes
Departamento de Saúde do Idoso (DSI), das 8h às 11h e das 13h às 16h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; em 36 UBSs, das 8h às 11h; e no Sesc, das 14h às 19h.

Vacinação de reforço para trabalhadores da saúde com 58 anos ou mais que receberam a segunda dose há pelo menos seis meses
Departamento de Saúde do Idoso (DSI), das 8h às 11h e das 13h às 16h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; em 36 UBSs, das 8h às 11h; e no Sesc, das 14h às 19h.

Vacinação de reforço para imunossuprimidos que receberam a segunda dose há pelo menos 28 dias
Sesc, das 14h às 19h; nas 10 UBSs referência; das 8h às 11h e das 13h às 16h, e no DSI, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Segundas doses de AstraZeneca para pessoas que deveriam receber a vacina até o dia 29 de setembro
Sesc, das 14h às 19h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e em outras 36 UBSs, das 8h às 11h; e no DSI, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Segundas doses de Coronavac para pessoas com retorno no cartão no dia 8 de outubro ou data anterior
Sesc, das 14h às 19h; e nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Segundas doses de Pfizer para todos que receberam a primeira dose até o dia 16 de agosto
Sesc, das 14h às 19h; 36 UBSs de 8h às 11h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e no DSI, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Endereços dos locais de vacinação

Departamento de Saúde do Idoso (DSI)
Rua Batista de Oliveira, 943, Granbery

Sesc Juiz de Fora
Rua Oswaldo Aranha, 109, Centro

10 UBSs referência que vacinam de 8h às 11h e das 13h às 16h
UBS Bairro Nossa Senhora de Lourdes, Rua Inácio Gama, 813;
UBS Benfica, Rua Guararapes, 106;
UBS Nossa Senhora Aparecida, Rua Nossa Senhora Aparecida, 775;
UBS Santa Luzia, Rua Torreões, s/nº
UBS São Pedro, Rua João Lourenço Kelmer, 1.433;
UBS Vila Ideal, Avenida Francisco Valadares, 1.910
UBS Milho Branco, Rua Nicolau Schuery, s/nº
UBS Progresso, Rua Jorge Knopp, nº 119
UBS Santa Cecília, Rua Gabriel Rodrigues, nº 900
UBS Bandeirantes, Rua Laurindo Nocelli, nº 100


36 UBSs que vacinam de 8h às 11h:
- UBS Alto Grajaú, Rua Doutor Leonel Jaguaribe, 178;
- UBS Bairro Industrial, Rua João Gualberto,110;
- UBS Barreira do Triunfo, Avenida Juscelino Kubitscheck, s/nº;
- UBS Borboleta, Rua Tenente Paulo Maria Delage, 229;
- UBS Centro Sul, Av. Barão do Rio Branco, 3132, Centro;
- UBS Cidade do Sol, Rua Gustavo Capanema, 70;
- UBS Dom Bosco, Rua João Manata, 93;
- UBS Esplanada, Rua Bias Fortes, 74;
- UBS Filgueiras, Rua Orlando Riani, 2.200;
- UBS Furtado de Menezes, Rua Furtado de Menezes, 19 À;
- UBS Grama, Praça Áureo Carneiro s/n;
- UBS Granjas Bethânia, Rua Nove de Julho, 294;
- UBS Ipiranga, Rua Etiene Loures, 85;
- UBS Jardim da Lua, Rua Natalino José de Paula, 314;
- UBS Jardim Esperança, Rua Padre João Micheleto, 35;
- UBS Jardim Natal, Rua Tenente Lucas Drumond, 370;
- UBS Joquei Clube I, Rua Antonio Armando Pereira, 140;
- UBS Joquei Clube II, Rua Antonio Guimarães Peralva, 130;
- UBS Linhares, Rua Ministro Odilon Braga, s/nº;
- UBS Marumbi, Rua Barão do Retiro, 1.462;
- UBS Monte Castelo, Rua Doutor Oswaldo Mascarenhas, s/nº;
- UBS Nossa Senhora das Graças, Rua Queluz 72;
- UBS Nova Era, Rua Guimarães Junior, 850;
- UBS Parque Guarani, Rua Sofia Rafael Zacarias, 685;
- UBS Retiro, Rua Sebastião Cardoso, 41;
- UBS Santa Cruz, Rua Doutor Antonio Mourão Guimarães, 245;
- UBS Santa Efigênia, Rua José Ferreira, 13;
- UBS Santa Rita, Rua José Vicente, 390;
- UBS Santo Antônio, Rua Pedro Trogo, 285;
- UBS Santos Dumont; Rua Alvaro José Rodrigues, 25;
- UBS São Judas Tadeu; Rua Ernesto Pancini, 446;
- UBS São Sebastião; Rua Jorge Raimundo, 209;
- UBS Teixeiras; Rua Custódio Furtado de Souza, 131;
- UBS Vale Verde; Rua Marciano Pinto, 685;
- UBS Vila Esperança; Rua Nova, 30;
- UBS Vila Ideal; Avenida Francisco Valadares, 1910;
- UBS Vila Olavo Costa; Rua Jacinto Marcelino, 16.

Foto: Carlos Mendonça

uma imagem de x

Juiz de Fora contra o Coronavírus | PJF
Portal informativo e educativo para auxiliar no combate ao Covid-19.