Acesso ao site VLibras
  |             |  
Ir para Conteúdo 1 Ir para Menu 2 Ir para Rodapé 3 Ir para Acessibilidade 4 Ir para Mapa Site 0
imagem de loader quanto carrega a página
A campanha de vacinação da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) contra o coronavírus continua neste sábado, 13, exclusivamente no Departamento de Saúde do Idoso (DSI), das 9h às 13h.

Pessoas a partir de 12 anos de idade que, por qualquer motivo, ainda não tenham recebido a primeira dose, podem ir até o DSI, assim como os trabalhadores e trabalhadoras da saúde, idosos que precisam da dose de reforço e pessoas com a segunda dose em atraso.

Segundas doses

AstraZeneca - A aplicação da segunda dose de AstraZeneca segue a data descrita no cartão de vacina. Portanto, recebem a D2 todos aqueles com retorno agendado para o dia 13 de novembro ou data anterior.

Coronavac - A aplicação da segunda dose do imunizante Coronavac segue a data descrita no cartão de vacina.

Pfizer - Quem recebeu a primeira dose da Pfizer até o dia 18 de setembro. Isso ocorre devido à mudança no aprazamento (o intervalo entre uma dose e outra), definido pelo Ministério da Saúde (MS), de 12 para oito semanas.

Doses de reforço

As doses de reforço destinadas aos trabalhadores da Saúde de 18 anos ou mais que receberam a segunda dose contra a Covid-19 há pelo menos seis meses e aos idosos de 60 anos ou mais que receberam a 2ª também há seis meses ou mais são disponibilizadas no DSI. Os imunossuprimidos, que receberam a D2 há pelo menos 28 dias, também devem receber a dose de reforço.

Documentação necessária

A Secretaria de Saúde pede para as pessoas que vão receber a dose de reforço levarem os documentos, que são obrigatórios, para receberem a vacina. Seguindo normas técnicas do Estado e do Ministério da Saúde, a SS está vacinando com a terceira dose todos os trabalhadores e trabalhadoras da saúde de Juiz de Fora com o imunizante Pfizer. Os documentos estão no site da PJF e devem ser entregues no ato da vacinação. O trabalhador de saúde com vínculo ativo nos serviços de saúde deve entregar o Termo de Responsabilidade da Instituição e do Profissional, além da cópia dos documentos pessoais. Já o trabalhador autônomo, deverá apresentar o Termo de Responsabilidade Autônomo e Profissional, os documentos pessoais, além de um documento ou certificado que comprove estar atualmente está em atividade; e o cuidador de idoso, além da documentação geral, deve levar no ato da vacinação o Termo de Responsabilidade Familiar e Profissional, juntamente com a cópia dos documentos.

Ressaltamos que o profissional deverá imprimir o termo, preencher, solicitar assinatura e carimbo da instituição a qual está vinculado e/ou família contratante, no caso dos cuidadores de idosos. Deve ser apresentada a documentação já preenchida junto com a cópia dos documentos pessoais, como documento de identidade, nos pontos de vacinação. Todas as pessoas para se vacinar devem apresentar também a ficha de vacinação preenchida com os seus dados pessoais.

As pessoas que vão receber a primeira dose apresentarem originais e cópias de documento de identificação com foto - como documento de identidade (RG) ou carteira de motorista, e o CPF, caso o número do mesmo não conste na identidade, a ficha de vacinação preenchida, além do comprovante de residência, que ficará retido no local de vacinação. Os adolescentes que não tiverem estes documentos podem apresentar a certidão de nascimento, além do comprovante de residência. Caso o comprovante de residência não esteja no nome de quem vai ser vacinado, é necessário apresentar cópia do comprovante, do documento de identidade da pessoa que tem o nome no comprovante de residência e, ainda, a declaração de residência.

Também reforçamos a necessidade de todos que vão ser vacinados levarem o formulário impresso da Ficha de Vacinação, cujo modelo está disponível no site da PJF , isso facilita no momento da triagem e agiliza o processo de vacinação.

As demais pessoas que vão receber a D2 ou os idosos que vão receber a dose de reforço precisam apresentar apenas o cartão de vacina e um documento de identificação com foto, enquanto os imunossuprimidos, além destes documentos, para poder receber a dose de reforço devem apresentar um laudo ou atestado médico datado de, no máximo, 12 meses, comprovando a condição. Este público pode buscar pela dose de reforço a partir de 28 dias do recebimento da 2ª dose.

Endereços do local de vacinação

Departamento de Saúde do Idoso (DSI) - das 9h às 13h
Rua Batista de Oliveira, 943, Granbery.

uma imagem de x

Juiz de Fora contra o Coronavírus | PJF
Portal informativo e educativo para auxiliar no combate ao Covid-19.