Acesso ao site VLibras
  |             |  
Ir para Conteúdo 1 Ir para Menu 2 Ir para Rodapé 3 Ir para Acessibilidade 4 Ir para Mapa Site 0
imagem de loader quanto carrega a página
A pandemia de covid-19 e a quarentena adotada para tentar conter a circulação do coronavírus continuam penalizando os grupos mais vulneráveis. Para minimizar as dificuldades de famílias atendidas em projetos sociais de Juiz de Fora, a Fundação Cultural “Alfredo Ferreira Lage” (Funalfa) e a Associação Cultural Arte e Vida (Acav) relançarão o drive-thru “Gente Solidária”. A segunda edição da campanha de recolhimento de donativos acontecerá entre os dias 17 e 28. O posto de coleta continuará sendo o Centro Cultural “Dnar Rocha”, sede do Programa “Gente em Primeiro Lugar”, que fica na Rua Mariano Procópio, em frente ao parque do Museu “Mariano Procópio”.

O drive-thru funcionará de segunda-feira a sábado, das 8h30 às 11h30 e 14h30 às 17h30. A exceção acontecerá dia 22, sábado, quando o atendimento estará restrito ao período da manhã. Mais uma vez, serão tomadas medidas protocolares de segurança, para evitar o risco de contágio por covid-19, e a Secretaria de Transportes e Trânsito (Settra) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) dará apoio na logística de trânsito. As doações poderão ser entregues sem necessidade de sair dos veículos.

Conforme a gerente de Acesso à Cultura da Funalfa, Giovana Bellini, além de alimentos, materiais de limpeza e itens de higiene pessoal, nesta edição as pessoas poderão doar agasalhos: “Estamos registrando temperaturas baixas, e muitas famílias não têm roupas e cobertores adequados para se proteger”. Ela explicou que o material arrecadado será entregue a instituições parceiras do “Gente em Primeiro Lugar”, que desenvolvem trabalhos na área social. Cada entidade será responsável por distribuir os donativos entre as famílias cadastradas.

Na primeira edição, que aconteceu de 14 a 21 de maio, o drive-thru “Gente Solidária” arrecadou quase meia tonelada de produtos, registrando significativa adesão da comunidade. “A boa notícia em meio a esse cenário de pandemia, com tantas incertezas, é que a solidariedade continua em alta. Em Juiz de Fora, as pessoas têm demonstrado empatia. Reconhecem as dificuldades do próximo e se mobilizam para minimizar a dor alheia”, afirmou Giovana, lembrando que a campanha aceitará qualquer doação: não importa quanto cada um pode doar. O que conta mesmo é que estejamos dispostos a estender a mão nesse momento de dificuldade”.

uma imagem de x

Juiz de Fora contra o Coronavírus | PJF
Portal informativo e educativo para auxiliar no combate ao Covid-19.