Acesso ao site VLibras
  |             |  
Ir para Conteúdo 1 Ir para Menu 2 Ir para Rodapé 3 Ir para Acessibilidade 4 Ir para Mapa Site 0
imagem de loader quanto carrega a página
A operação Fiscalização pela vida apresentou, nesta quarta-feira (17), relatório que contempla o resultado das ações realizadas entre os dias 12 e 16 de fevereiro, durante o período de carnaval.

A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) recebeu, por meio do canal de denúncias da SESMAUR, 150 denúncias sobre situações de desrespeito aos protocolos de segurança e risco à saúde pública. Estas informações foram acolhidas por meio dos número de WhatsApp 3690-7984 sobre situações de desrespeito às normas de combate e controle da pandemia no município.

Ao final da operação, foram lavrados, aproximadamente, 90 documentos fiscais relativos à Covid 19. Destes, somente três foram auto de interdição.

A ação conjunta também conseguiu interromper seis eventos nos bairros Amazônia, Progresso, Santos Dumont, Benfica, Granjas Triunfo e também uma casa de festas.

Todas as intervenções realizadas pelas equipes da “Fiscalização pela Vida” foram pacíficas, inclusive na desmobilização de evento de rua. É importante evidenciar que a integração das parcerias no acolhimento das demandas permitiu realizar os atendimentos com maior agilidade e segurança, abrangendo todas as regiões da cidade.

O gerente do departamento de fiscalização ambiental e urbana da Sesmaur, Claudio Perobelli, esclareceu que “a operação Fiscalização pela Vida durante o carnaval teve como objetivo fazer cumprir as determinações e os protocolos sanitários do Decreto 14276/2021 e suas alterações, evitando eventos, festas e aglomerações de pessoas. Dessa forma, em parceria com outros órgãos, os Fiscais de Posturas Municipais contribuíram para evitar situações de grande poder de transmissão da Covid-19. Destaco que somente a repressão não será suficiente para reduzir a taxa de transmissão do coronavírus. É preciso que cada pessoa contribua nesse momento triste pelo qual estamos passando, evitando comportamentos que aumentam o risco de contaminação”.

Para o comandante da Guarda Municipal, Leandro Lisboa, a integração na realização desta missão, possibilita atingir melhores resultados em prol das normas de saúde, as quais, neste momento, são fundamentais para a preservação da vida.

O Agente de Trânsito da SMU, Cledson Nogueira, disse ser de grande valia a participação da equipe na operação, juntamente com os outros órgãos parceiros, nesta missão de evitar a aglomeração e estimular a conscientização das pessoas com relação ao uso de máscaras e, consequentemente, protegendo a vida de todos. “Estamos honrados nessa contribuição como fiscais e também como cidadãos”.

Segundo o coronel Neír Adriano, responsável pelo comando da 4ª Região da PM, “todos os esforços de efetivo e logística, tanto no operacional quanto no efetivo administrativo, foram empregados nas ruas, em operações preventivas e repressivas, com a finalidade de garantir a segurança e a tranquilidade pública. Dentro de esforço, em parceria com a PJF e outros órgãos, a PM integrou a equipe de Fiscalização pela Vida, garantindo o poder de polícia dos órgãos de fiscalização, atuando para evitar a ocorrência dos eventos não autorizados e cumprindo os decretos e leis específicas.”

Entenda a operação

A operação Fiscalização pela Vida é uma atuação conjunta dos Fiscais de Posturas, da Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur); dos Guardas Municipais, da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc); dos agentes de transporte e trânsito, da Secretaria de Mobilidade Urbana(SMU); e da Polícia Militar de Minas Gerais.
O objetivo das ações é orientar, fiscalizar e garantir que os cuidados e protocolos de segurança sanitários relacionados à pandemia sejam respeitados rigidamente na cidade.

Informações e denúncias:
(32) 3690-7984 - Atendimento 24 horas por dia





uma imagem de x

Juiz de Fora contra o Coronavírus | PJF
Portal informativo e educativo para auxiliar no combate ao Covid-19.