Acesso ao site VLibras
  |             |  
Ir para Conteúdo 1 Ir para Menu 2 Ir para Rodapé 3 Ir para Acessibilidade 4 Ir para Mapa Site 0
imagem de loader quanto carrega a página
Em razão do aumento da infecção pelo coronavírus e, consequentemente, da preocupação com a demanda crescente por leitos de UTI, a prefeita Margarida Salomão recebeu, nesta terça-feira, 9, 27 autoridades municipais, entre prefeitas, prefeitos e secretários, que compõem Associação dos Municípios Microrregião Vale Paraibuna (Ampar), a fim de discutirem proposições para conter a crise sanitária.

Na ocasião, a prefeita ressaltou a importância do encontro, pois o momento é atípico. "Nenhum prefeito aqui presente gostaria de estar vivendo essa situação, e por isso ressalto: precisamos agir de forma articulada".

A secretária de Saúde, Ana Pimentel, reforçou a necessidade da reunião, apresentando uma avaliação do cenário pandêmico nas últimas semanas. "Este momento é o mais diferenciado e delicado que já vivemos e a doença não é mais tão previsível. O aumento do número de casos é acompanhado de uma maior permanência dos adoecidos em leitos".

O presidente da Ampar, José Maria Novato, destacou o protagonismo da prefeita na promoção do encontro e declarou seu apoio para que as propostas surgidas na reunião possam ser encaminhadas da melhor maneira.

Para o presidente da Câmara Municipal de Juiz de Fora, Juraci Scheffer, "a prefeita Margarida tem nosso apoio incondicional e destaco sua postura firme e corajosa ao decretar o lockdown para tentar frear o número de mortes na cidade".

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agropecuária, Ignacio Delgado, sinalizou para a necessidade das cidades da região de se unirem, não só neste momento de enfrentamento à pandemia, mas também no que diz respeito ao desenvolvimento da região. "Sabemos do potencial de cada cidade aqui representada e, se nos propusermos a uma ação integrada, o êxito será coletivo. Precisamos pensar em curto e médio prazos."





Em decorrência desse encontro, foram firmados acordos entre as autoridades da região no sentido de criarem um documento com reivindicações, dentre as quais, o apoio de leitos de UTI e vacinas. Após a assinatura, estas demandas serão encaminhadas para o Governo de Minas Gerais e para o Governo Federal. Segundo a prefeita, "precisamos nos unir, articulando recursos políticos para a Zona da Mata.

Estiveram presentes também a secretária de Governo, Cidinha Louzada; o secretário de Comunicação, Márcio Guerra; o líder de Governo na Câmara, Marlon Siqueira; o prefeito de Pequeri, Glauco Fávero; o prefeito de Tocantins, Silas Carvalho; o prefeito de Pedro Teixeira, Reinaldo Oliveira; a prefeita de Aracitaba, Terezinha Marcília; o prefeito de Argirita, Alex Anzolim; o prefeito de Gurani, Fernando Bellotti; o prefeito de Santos Dumont, José Geraldo de Almeida; a prefeita de Lima Duarte, Elenice Delgado; o prefeito de Rio Novo, Ormeu Filho; o prefeito de Coronel Pacheco, Marco Aurélio; o secretário de Saúde de Bias Fortes, Wilham Patrick Alves; a secretária de Administração de Simão Pereira, Izabela Melo Cunha; o secretário de Saúde de Lima Duarte, Luciano Toledo; a secretária de Saúde de Agirita, Rovana Furtado; a secretária de Saúde de Andrelândia, Adeodata Kátia.

Ouça mais no nosso Podcast - Acontece JF

uma imagem de x

Juiz de Fora contra o Coronavírus | PJF
Portal informativo e educativo para auxiliar no combate ao Covid-19.